Regional Anaesthetic for Caesarean Section Information Card - Portuguese

 

 Anestesia regional durante a cesariana – folheto informative

A anestesia regional (anestesia epidural ou espinhal [raquianestesia]) proporciona o alívio da dor através de um anestésico local injetado na parte inferior das costas, para eliminar a sensibilidade do peito para baixo. Os membros inferiores ficam dormentes, perdendo a mobilidade. Normalmente, demora entre 10 e 20 minutos para que a anestesia faça efeito por completo.

Preparação para a anestesia

Em primeiro lugar, ser-lhe-á colocado um soro através de uma agulha, designado cânula intravenosa, inserida numa veia da mão ou do braço.

  • Um médico anestesiologista injetar-lhe-á um anestésico local na parte inferior das costas.
  • Ser-lhe-á introduzido um tubo, chamado cateter, para esvaziar a bexiga.
  • A sua tensão arterial e os níveis de oxigénio serão monitorizados com frequência.

Consoante o hospital, o seu parceiro poderá estar presente durante este procedimento, caso contrário, só poderá entrar depois.

Vantagens da anestesia regional

Este tipo de anestesia é muitas vezes a opção mais segura se precisar de fazer uma cesariana. Permite-lhe ficar acordada durante o nascimento do seu bebé, proporcionando-lhe um alívio da dor mais eficaz do que com uma anestesia geral.

Possíveis problemas relacionados com a anestesia regional

  • O anestesiologista certificar-se-á de que não tem qualquer sensibilidade antes de começar a operação. No entanto, este controlo não é 100% fiável e há a possibilidade de sentir algum desconforto durante a operação.
  • É normal que sinta puxões e pressão na região do abdómen, não devendo ficar preocupada. Às vezes, poderá sentir uma dor ligeira que poderá ser aliviada com um analgésico intravenoso ou inalado através de uma máscara ou bucal. Ocasionalmente poderá sentir uma dor intensa. Se isso acontecer, é possível que o anestesiologista lhe administre rapidamente uma anestesia geral, colocando-a a dormir.
  • É normal que a sua tensão arterial baixe por causa da anestesia. Isto poderá causar-lhe enjoos ou a sensação de que vai desmaiar. O anestesiologista dar-lhe-á de imediato um medicamento para o efeito. Às vezes, o medicamento é administrado antes de ocorrerem esses sintomas.

Riscos e efeitos secundários da anestesia regional

Possível problema nbsp;Frequência do problema
Prurido (comichão) Comum – aprox. 1 em cada 3 a 10 pessoas, dependendo do medicamento e da dose
Diminuição significativa da tensão arterial Raquianestesia:
Comum – aprox. 1 em cada 5

Epidural:
Ocasional – aprox. 1 em cada 50
Ineficácia da epidural para o alívio das dores de parto, sendo necessária outra anestesia para a cesariana

A anestesia não funciona bem o suficiente, sendo necessários mais fármacos para o alívio da dor durante a operação



A anestesia regional não funciona bem o suficiente para a realização da cesariana, sendo necessária uma anestesia geral
Comum – aprox. 1 em cada 8 a 10


Raquianestesia:
Ocasional – aprox. 1 em cada 20
Anestesia epidural:
Comum – aprox. 1 em cada 7

Raquianestesia:
Ocasional – aprox. 1 em cada 50
Anestesia epidural:
Ocasional – aprox. 1 em cada 20
Dores de cabeça intensas Anestesia epidural:
Pouco comum – aprox. 1 em cada 100
Raquianestesia:
Pouco comum – aprox. 1 em cada 500
Lesão nervosa
(Por exemplo, parestesias (formigueiros) numa região da perna ou pé ou falta de força no membro inferior)
Sintomas com duração inferior a 6 meses:
Raro – aprox. 1 em cada 1 000 a 2 000
Sintomas com duração superior a 6 meses: Raro – aprox. 1 em cada 24 000
Meningite Muito raro – aprox. 1 em cada 100 000
Abcesso (infeção) na coluna, no local da aplicação da raquianestesia ou epidural

Hematoma (coágulo de sangue) na coluna, no local da aplicação raquianestesia ou epidural

Abcesso ou hematoma, causando lesões graves, incluindo paralisia (paraplegia)
Muito raro – aprox. 1 em cada 50 000



Muito raro – aprox. 1 em cada 168 000



Muito raro – aprox. 1 em cada 100 000
No caso de epidural:

Risco de uma grande quantidade de anestésico local ser injetado, acidentalmente, numa veia da coluna

Risco de uma grande quantidade de anestésico local ser injetado, acidentalmente, no líquido espinal, podendo causar dificuldades respiratórias e, muito raramente, perda de consciência
Muito raro – aprox. 1 em cada 100 000




Raro – aprox. 1 em cada 2 000

Não se encontram disponíveis os números exatos de todos estes riscos e efeitos secundários. Os valores aqui indicados baseiam-se em estimativas e podem variar consoante o hospital.

Este documento é um resumo. Poderá encontrar mais informações no site www.labourpains.com

Caso tenha alguma dúvida, fale com o seu médico anestesiologista. 

A OAA agradece aos Translators Without Borders por ter disponibilizado esta tradução

© Obstetric Anaesthetists’ Association 2012

[Associação de Anestesiologistas Obstétricos] 

Instituição de caridade registada N.º 1111382 www.labourpains.com

Creative Commons License
To read more please click the link below.
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.